Academia Teixeirense de Letras realiza última sessão solene do ano lançando o Prêmio Castro Alves de Literatura 2024

03 de dezembro de 2023

A ATL – Academia Teixeirense de Letras encerrou o ano acadêmico de 2023 com a realização de uma elegante sessão solene na noite deste sábado (02/12), no auditório da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas. Comandada pelo novo presidente da ATL, o escritor e acadêmico Raimundo Magalhães, a solenidade teve início com uma homenagem à memória do saudoso confrade Carlos Mensitieri, falecido aos 63 anos no último dia 27 de julho, vitimado por um infarto. Mensitieri ainda foi homenageado com uma Moção de Aplauso pela obra póstuma “A responsabilidade civil do engenheiro civil”, publicada pela Lura Editorial, SP.

A mesa da sessão solene foi composta pelas seguintes personalidades: A engenheira civil e diretora regional do CREA, Aline Marcelo Carlos; A professora e historiadora Kylma Marluza Luz Kramm; O major Robson Calmon, diretor do Colégio da Polícia Militar Anísio Teixeira; O presidente da ATL Raimundo Magalhães; O secretário-geral da ATL Erivan Santana; O presidente de honra da ATL Almir Zarfeg e pelo presidente da Associação Profissional dos Poetas no Estado do Rio de Janeiro, Jorge Ventura.

Após as boas-vindas do presidente Raimundo Magalhães, a execução dos hinos nacional e oficial da instituição lítero-cultural, o mestre de cerimônias Clébio Rodrigues anunciou o tributo em forma de certificado aos acadêmicos e autores regionais selecionados para o Projeto Nordestes do Selo OffFlip, cuja culminância se deu durante a Festa Literária Internacional de Paraty 2023 entre os dias 22 e 26 de novembro último, na cidade de Paraty, no litoral sul do Estado do Rio. Foram homenageados Almir Zarfeg, Arolda Figuerêdo, Athylla Borborema, Carlos Mensitieri (in memória), Castro Rosas, Cristhiane Ferreguett, Elias Botelho, Erivan Santana, Fabiano Novais, Maurício de Novais, Felipe Vargas Macedo, Zé Dias e Wilton Soares.

Em seguida, o presidente de honra da ATL, o jornalista e poeta Almir Zarfeg, apresentou aos presentes a coletânea “ATL em Verso e Prosa!” – Volume VII e, na mesma oportunidade, lançou oficialmente o Prêmio Castro Alves de Literatura 2024. As inscrições – que são gratuitas e feitas através do e-mail premiocastroalves@yahoo.com – seguem abertas até o dia 31 de dezembro de 2023 – conheça o REGULAMENTO.

Nesse momento, a professora e historiadora Marluza Luz Kramm proferiu uma breve palestra sobre as heroínas da independência do Brasil na Bahia, em 1823, como forma de celebrar o bicentenário desse grande acontecimento histórico. Ela destacou os papéis desempenhados pelas heroínas Maria Quitéria, Joana Angélica e Maria Felipa. Mulheres guerreiras que, movidas pelo desejo de liberdade, deram a vida e, por isso, são celebradas pelos brasileiros em geral e, especialmente, pelos baianos.

Houve o momento que autores regionais e autores acadêmicos com obras editadas em 2023 foram homenageados com uma Moção de Aplauso. Ei-los: Athylla Borborema pela obra “Tem alguém mais gato do que eu? (Editora Lura, SP); Carlos Mensitieri pelo livro “A responsabilidade civil do engenheiro civil” (Lura Editorial); Chris Brunno pelo painel “A vida gosta de quem gosta dela”; Derneval dos Santos pela obra “A história do rouxinol na floresta” (Scortecci Editora); Erivan Santana pelo livro “Cartas teixeirenses, ba” (Lura Editorial); Fernando Fernandes pela obra “Escrevedor de versos” (Editora Viseu); Jorge Ventura pelo livro “Outras Urbanas” (Ventura Editora); Marlon Morais pela obra “Abraço Partido” (Editar Editora); e Lorié Steiner pelo livro “Travessia com poesia” (Editora Conejo).

E chegou a vez de o poeta, editor e presidente da Associação Profissional dos Poetas no Estado do Rio de Janeiro, Jorge Ventura, nomear o jornalista e poeta Almir Zarfeg como delegado regional da APPERJ. Na mesma ocasião, Ventura empossou os poetas Athylla Borborema e Erivan Santana membros apperjianos. “É com grande alegria e satisfação que nomeio o poeta Almir Zarfeg a função de delegado regional da APPERJ na Costa do Descobrimento do Brasil e emposso Athylla Borborema e Erivan Santana, a fim de estreitar os laços poéticos e culturais entre Rio de Janeiro e Bahia”, outorgou Jorge Ventura.

Na condição de membro da diretoria da União Brasileira de Escritores (UBE-RJ), Jorge Ventura ainda entregou uma premiação a Zarfeg pela obra inédita “Poemia – o poeta sob efeito da pandemia!”. Por fim, houve o sorteio de dezenas de obras entre o público presente. Após o quê, o presidente Raimundo Magalhães deu a sessão solene por encerrada.

Conheça AQUI os detalhes do edital sobre o Prêmio Castro Alves de Literatura 2024.

Compartilhar:

Relacionadas